Publicado em 24 de Novembro de 2021

Carlos Siqueira rebate Doriel Barros: “o PSB não vai abrir mão de ter um candidato

www.filadelfiafm.net

Em entrevista, ao programa Cidade em Foco, da Rede Pernambuco de Rádios e ao Blog do Alberes Xavier, nesta segunda-feira (22), o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, descartou a possibilidade do partido não ter candidato para a sucessão de Paulo Câmara em 2022. No último dia 12 de novembro, o presidente estadual do PT, Doriel Barros, disse a esse blog que “se Paulo se colocar como senador o PT assumiria a condição para ter o nome para concorrer ao Governo do Estado”.


O dirigente socialista afirmou que nunca foi debatida a possibilidade da legenda não ter candidato para as próximas eleições em Pernambuco. “Essa é uma ideia que não se discute no PSB. Evidentemente que o PSB, depois de 16 anos governando Pernambuco de forma positiva e bem avaliada, inclusive em todos os governos, tanto os oito anos de Eduardo Campos e agora quase oito do governador Paulo Câmara que é igualmente bem avaliado e tem sido muito responsável e competente da condução do Estado. O PSB não vai abrir mão de ter um candidato próprio. Não há a menor possibilidade disso. Eu não sei quem colocou isso na cabeça, mas certamente não foi ninguém do PSB”, completou.


Para Siqueira, seu partido reúne todas as condições para ter uma sucessão tranquila. Segundo o dirigente, uma candidatura de Geraldo Julio em 2022 poderia ser mais tranquila que a releição de Paulo Câmara em 2018, que aconteceu ainda no primeiro turno.


“Acho que o PSB tem todas as condições de fazer o sucessor do governador Paulo Câmara. Ele está empenhado nisso também, mas está tendo a paciência de esperar a decisão de Geraldo Julio”, finalizou.

Veja tambem: