Publicado em 06 de Março de 2021

MANUELA MARINHO DESTACA AS AÇÕES DA COMPESA PARA UNIVERSALIZAR A DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA

FILADELFIA FM

Nesse início de ano com a crise hídrica agravada em virtude da seca que assola a região, a presidenta da COMPESA, Manuela Marinho, tem andando por todo o estado, nas cidades, conversando com muitos prefeitos para “entender as questões e procurando trazer as soluções o mais rápido possível, porque o povo precisa de água”, disse ao Blog do Alberes Xavier.


Manuela destacou que existe um esforço muito grande para universalizar a distribuição de água e o esgotamento sanitário para todos os pernambucanos. “Para atingir o máximo de pessoas possível”.


Ela revelou que após sete anos as águas de Jucazinho finalmente chegaram até ao município de Gravatá. “Reativamos a elevatória, fizemos vários testes e (a água) já está chegando”, disse. Argumentou que devido à pandemia do covid-19, as obras da adutora do Alto Capibaribe tiveram um prejuízo no prazo inicial previsto para entrega. A presidente explicou que os recursos para a conclusão da obra estão incluídos no orçamento que será votado nos próximos dias. “ A adutora fica pronta no final ano”, assegurou.


Nos últimos anos os investimentos do governo do estado na região do Agreste, através da COMPESA, somam mais de dois bilhões de reais. “Trazendo melhoria imediata para população em relação ao abastecimento de água”, ressaltou.


“É um desafio muito estimulante, quando se consegue trazer benefícios que mudam a vida das pessoas”, expressou ao falar do seu desemprenho a frente da Companhia Pernambucana de Abastecimento.

Veja tambem: