Publicado em 19 de Fevereiro de 2021

“TAL PROCESSO NÃO É TÃO SIMPLES”, AFIRMA RAUL HENRY

FILADELFIA FM 104.9

O deputado federal por Pernambuco, Raul Henry (MDB), em participação ao programa Cidade em Foco, da Rede Agreste de Rádios e Blog do Alberes Xavier, lamentou a postura do Governo Federal diante da crise de saúde pública em Manaus (AM), além disso, o mesmo comentou a presença de diversas denúncias na Câmara Federal que buscam dá início a um processo de Impeachment contra o presidente da República Jair Bolsonaro. 


Na oportunidade, o deputado lamentou a atuação do Governo Federal frente a crise desencadeada pelo novo coronavírus em Manaus. "O caos em Manaus, o colapso absoluto do sistema de saúde, foi resultado de uma negligencia criminosa, porque o aviso estava dado com antecedência, aquilo foi uma tragédia anunciada e as providencias só foram tomadas depois que pessoas morreram asfixiadas por falta de oxigênio. Isso é uma coisa injustificável”, afirmou. 


CPI - Com fortes críticas à atuação do Ministério da Saúde, bem como, aos discursos negacionistas, Raul Henry destacou que pela primeira vez como deputado federal propôs a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito na Câmara Federal. "A gente tem que apurar as responsabilidades. A indignação que existe no país em relação a isso é muito grande e com justa razão”, disse. 


Impeachment – Questionado sobre a efetivação de possível Impeachment contra Jair Bolsonaro, Raul destacou que tal processo não é tão simples. "Ele foi eleito pelo povo brasileiro e um processo de Impeachment não é uma coisa tão simples assim. A última pesquisa DataFolha dá que 54% da população brasileira não quer Impeachment, e mais 30% aprovam o presidente. O Impeachment é uma realidade política que nasce da mobilização da sociedade, não é o resultado de um desejo de quem quer que seja”, disse.

Veja tambem: