Publicado em 08 de Outubro de 2019

Sport abre o placar, mas cede empate ao CRB em Maceió

www.filadelfiafm.net

O Sport fez valer novamente a fama de “rei dos empates” da Série B 2019. Na noite desta segunda-feira (07) , o Leão até abriu o marcador, mas viu o CRB igualar o marcador e deixou Maceió com um placar de 1×1. Foi o 13º empate leonino. Apesar de ter pontuado fora de casa, o resultado decepcionou, visto que os rubro-negros perderam até um pênalti no segundo tempo. A equipe pernambucana agora é a segunda colocada da Segundona, com 46 pontos, oito a menos do que o líder Bragantino. O time volta a campo na próxima sexta-feira (11), quando receberá o São Bento/SP, na Ilha do Retiro.

O primeiro tempo foi marcado pela morosidade. Assim como em outras partidas, o Sport abusava da apatia. Embora o CRB não tivesse muito êxito nas ofensivas, o Leão se mostrava um tanto acomodado com o 0x0. Aos 11 minutos, Maílson fez um milagre com os pés, evitando gol de cabeça de Wellington Carvalho. Foram quase 40 minutos de jogo sem uma finalização dos visitantes. No entanto, quando ela aconteceu, foi letal. Aos 39 minutos, Pedro Carmona enfiou em profundidade para Guilherme, que avançou e bateu na saída de Fernando Henrique, fazendo 1×0.

No segundo tempo, quanta diferença. Desesperado em busca do empate, o CRB foi para cima e acabou deixando muitos espaços para os rubro-negros. Aos quatro minutos, em contra-ataque, Guilherme encontrou Carmona, que bateu de primeira, com a direita. Fernando Henrique evitou o gol com os pés. Depois, o mesmo Carmona tentou finalizar de letra, mas pegou mal na bola. Os mandantes responderam com um chute forte de Hugo Sanches, defendido por Maílson. O goleiro rubro-negro também salvou chute de Alisson Farias, pouco depois.

A pressão dos donos da casa não demoraria a surtir efeito. Aos 22 minutos, Igor recebeu dentro da área, pela esquerda, e cruzou à meia-altura. Meio sem jeito, Edson Cariús empurrou para o gol e igualou o placar. Mesmo tendo sido vazado, o Sport não desanimou e continuou em cima. Aos 34, o Leão teve grande chance de matar o jogo. Hernane foi derrubado por Victor Ramos, dentro da área. Pênalti marcado. Na cobrança, o próprio Brocador se encarregou, mas acertou a trave de Fernando Henrique, desperdiçando a última grande oportunidade leonina no confronto.

FICHA TÉCNICA:

CRB 1
Daniel Borges, Wellington, Victor Ramos e Igor; Claudinei, Lucas Siqueira e Hugo Sanches (Willians Santana); Iago (Willie), Alisson Farias e Léo Ceará (Edson Cariús). Técnico: Marcelo Chamusca

Sport 1
Maílson; Raul Prata, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Willian Farias; Charles e Pedro Carmona (Léo Artur); Yan (Marcinho), Guilherme e Hernane (Elton). Técnico: Guto Ferreira

Local: Rei Pelé (Máceio/AL)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ). Assistentes: Carlos Henrique Cardoso de Souza e Lilian da Silva Fernandes Bruno (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Hernane, Guilherme, Elton, Raul Prata, Sander (S); Victor Ramos, Wellington Carvalho (C)
Gols: Guilherme, aos 39 minutos do 1ºT.Edson Cariús, aos 22 minutos do 2ºT.
Público e Renda: não divulgados.

Do Portal FolhaPE

Veja tambem: